Você se sente paralisado diante dos desafios?! Saia do ciclo da autossabotagem…

Tempo de leitura: 11 minutos

 

Você sabe aquela sensação de não saber o que fazer, o que falar, diante de uma situação?! Geralmente, são situações que nos causam um grande desconforto, que não sabemos lidar, e por isso, geram um bloqueio das nossas ideias, atitudes, e ficamos estagnados até que aquele momento passe e possamos de alguma forma nos livrar da situação.

E essa situação pode ser um grande desafio para uns, mas para outros, já não é tão desafiante assim!

Como exemplo, geralmente, não gostamos de nos expor…e essa situação causa incomodo mesmo naquelas pessoas consideradas extrovertidas e que gostam de serem ouvidas e vistas por todos! Mas, para alguém extremamente ansioso com as situações de convívio social, de exposição em locais públicos, é quase impossível conseguir lidar com isso!

Então, nesse momento você não sabe o que fazer, apenas o medo toma conta!

homem se escondendo debaixo da mesa

E você vai fazer de tudo para não ter que lidar com aquilo que te incomoda, se tem dificuldade de lidar com pessoas, com grandes públicos, é grande o risco de se sabotar e perder grandes oportunidades que poderiam melhorar sua vida pessoal, profissional. Levando sempre a desistência de algo benéfico para sua vida.

Esse processo parece algo bem irracional…como queremos nos prejudicar e limitar o nosso crescimento?!

O pensamento, de que estou constantemente me prejudicando, leva a um grande sentimento de culpa, que leva à baixa autoestima. Me sinto um fracassado diante daquilo que me vejo incapaz de realizar, enquanto outros, parecem aproveitar melhor as oportunidades que têm.

Na verdade, esse é um processo inconsciente…não me saboto tendo consciência disso!

Eu posso até entender que irei me prejudicar de alguma forma, mas o medo é maior, e é esse medo que me faz agir de forma errada, ou, me deixa em uma posição de defesa diante da vida, e nunca tomo uma ação, que de fato, me faça resolver os conflitos que enfrento!

Saia do ciclo de autossabotagem com a técnica EFT: Técnica EFT

São nossas defesas psíquicas que tentam de algum modo nos proteger daquilo que consideramos uma ameaça. E esse entendimento, de que alguma situação específica seja uma ameaça para mim, foi construído sobre as experiências que tive, e as crenças que assumi como verdadeiras e que baseiam toda a percepção que tenho sobre a vida!

Posso ter uma atitude procrastinadora…

menina e relógio, indicando o passar do tempo

Tudo o que considero difícil, adio até o último instante, prejudicando o meu trabalho, quando não entrego um relatório a tempo para o meu chefe, ou o meu dia a dia, quando deixo de arrumar o vazamento de água na minha casa. Podendo trazer consequências, como ser chamado à atenção pelo meu chefe, ou pagar uma conta de água muito cara no fim do mês.

Posso até mesmo procrastinar coisas que gostaria de fazer…

Quero muito fazer aula de música, de dança, mas não consigo ir até a escola saber sobre os preços, horários, e sempre dou uma desculpa para não começar…porque achei caro o valor, ou, a escola é muito distante da minha casa, e não me interesso por procurar outras escolas que seriam mais vantajosas pra mim.

Sempre vem uma sensação de que isso não é tão importante, e sempre deixo pra depois!

Essa é uma atitude que nos leva sempre a resultados negativos, e consequentemente, a uma emoção ruim em relação a nós mesmos. Culpa, raiva, um sentimento de ser incapaz, preguiçoso, de não conseguir cumprir com as obrigações, e mesmo, buscar uma vida com mais prazer, alegria, prosperidade.

E essa soma de emoções ruins em relação a nós nos leva à baixa autoestima.

Acesse um teste de autoestima, e veja como está a sua neste momento! Esse teste foi desenvolvido pelo terapeuta, professor, palestrante na área de desenvolvimento pessoal, pioneiro na divulgação da técnica EFT no Brasil, o André Lima. Site: http://www.eftbrasil.com.br/

Acesse aqui o teste

>> Teste e veja como está sua autoestima <<

Já não percebemos o que em nós é bom, quais as nossas qualidades, dons…porque damos ênfase apenas às coisas ruins que nos acontece.

Fico sempre ansioso quando estou diante de uma situação que costumo me sabotar, e repetindo um comportamento padrão, acabo me prejudicando novamente. Mas, faço pouco caso de algo bom que eu tenha feito, parece que a balança entre aquilo que é bom e o que é ruim na minha vida, sempre tende a estar mais para os aspectos negativos.

Mas, essa é apenas uma percepção equivocada daquilo que vivemos…

Quando você foca na negatividade, mais disso você ver em sua vida. Da mesma forma, se você focar naquilo que é bom e positivo, todo o resto parece insignificante. Você não dá tanto valor aos seus problemas, e eles se tornam pequenos, porque sempre haverá um pensamento, uma ideia, uma lembrança positiva que será capaz de contornar a situação ruim.

E porque olhamos mais para os aspectos negativos da nossa vida?!

Como foi falado anteriormente, seguimos um padrão de comportamento…e a autossabotagem é isso, você vive experiências ruins, que te levam a acreditar que aquilo é a verdade da sua vida, e você toma uma determinada atitude, porque assim aprendeu com essas experiências. Levando-o ao mesmo comportamento sempre, até que mude a sua percepção sobre você, sobre o que acontece a sua volta.

Lembranças ruins e traumas!

homem pensativo, preocupação

Se, quando criança, você foi ridicularizado pelos seus colegas de escola, sofreu bullying... isso está registrado no seu inconsciente como uma experiência ruim, de medo, vergonha, sentimento de rejeição. Você carrega o peso dessas emoções! Ainda que ignore essas lembranças, você as leva para a fase adulta, e são elas que contribuem para maior parte das suas decisões.

Liberte-se da negatividade com a técnica EFT: Técnica EFT

Por exemplo, você pode rejeitar, ou de alguma forma se sabotar, para conseguir um cargo melhor no trabalho, por medo de ser criticado, rejeitado, desaprovado pelas pessoas…o mesmo padrão da criança que sofreu bullying no passado. De forma inconsciente, você age para evitar o bullying novamente, você evita a exposição, para que as pessoas não falem de você, e pra isso, se anula muitas vezes.

Porque essa é uma lembrança que te traz grande sofrimento e que você quer evitar a qualquer custo!

menina que sofre bullying

Criação com o foco na negatividade!

Aprendemos esse comportamento negativo desde a infância. Os adultos, os pais, responsáveis pela criança, aprenderam, porque assim foi passado de geração a geração, que devemos repreender os erros para que a criança não volte a errar novamente. Até aí tudo bem…acontece, que apenas repreender e não incentivar a criança quando ela faz algo certo, leva a essa dependência pelo lado negativo das coisas.

Veja bem, uma criança busca sempre a atenção do adulto, porque é através dele que ela vai construir uma referência sobre si mesma.

Mas, quando esse adulto só dá atenção quando a criança faz algo errado, ou, quando fica doente e precisa ser cuidada…ela entende, que esse é o caminho para ter atenção e ser vista pelo outro! Então, ela pode adotar um comportamento rebelde, de sempre fazer coisas erradas, ou, ser considerada uma criança frágil, doente, porque assim vai ganhar o cuidado e a atenção do outro!

criança que chora pedindo atenção

E dessa forma, esse entendimento de que preciso estar envolto por coisas ruins para ganhar a atenção e reconhecimento das pessoas, vai se estendendo para a vida adulta!

Observe que muitas pessoas falam muito das suas dificuldades, doenças, e geralmente a primeira conversa no dia é sobre algum problema que enfrentou: o trânsito, a noite mal dormida, uma discussão com alguém, o mau tempo…e geralmente, essa pessoa ganha muita atenção, porque o outro também está identificado com esse padrão de comportamento.

A verdade é que a maioria de nós, não teve uma infância equilibrada no aspecto emocional, com a medida certa da hora de repreender e a hora de incentivar, elogiar. Muitos, apenas receberam críticas, outros, receberam muito pouco elogio e mais comparações. E isso, nos traz sempre a sensação de falta, como se o outro me devesse algo.

Estou sempre na carência, dependendo da opinião alheia para ter a minha própria identidadeE não amadurecemos emocionalmente!

Agora, imagine que você foi uma criança criticada a vida inteira por não querer estudar. E sempre comparada com seus irmãos, primos, que eram mais estudiosos que você! Até o momento que alguém te disse: Assim, você não será ninguém nessa vida!

Você sentiu a carga negativa que essa frase carrega?!

E é isso o que te acompanha a vida inteira, o sentimento de que você não será ninguém na vida…ainda que você não concorde de forma racional, essa emoção te persegue no seu inconsciente.

E esse vasto inconsciente carrega muitas lembranças mais, emoções que vêm a tona na forma de autossabotagem.

psique humana presa, imagem de correntes envolta de um rosto

A pessoa que escutou que nunca será alguém na vida…pode ter desenvolvido um comportamento sabotador de sempre perder boas oportunidades de trabalho, não acordar cedo pra colocar suas atividades em dia, não fazer um curso essencial para sua carreira e aumentar as suas finanças.

E isso vale para os mais diversos aspectos da vida…

O homem que não consegue se relacionar bem com as mulheres, a mulher que sempre sofre por amor, a mãe que não consegue cuidar e dar atenção ao filho, o pai que rejeita o filho e não faz questão de estar próximo dele.

São comportamentos sabotadores que sempre levam a algum sofrimento, e pode estar enraizado em algum trauma do passado, crenças e experiências ruins que levaram a uma falsa percepção da vida.

imagem de papeis e lápis colorido, mostra uma nuvem negra com um x encima e um coração ao lado

Olhe com cuidado pra você, e perceba se você também não está preso a algum processo sabotador. As vezes, uma única experiência nos leva a um comportamento ruim em algum aspecto da vida, também pode acontecer que a soma de várias situações vividas tenha resultado nesse seu comportamento sabotador.

E se você percebe seguir esse padrão, saiba que a técnica da EFT pode libertar essas emoções presas que estão contribuindo para esse processo. Resgatando suas lembranças ruins, de sofrimento, e trabalhando essas lembranças até que toda carga negativa dessas emoções sejam dissolvidas.

Saiba mais sobre a técnica em: Técnica EFT

Você sentirá um grande alívio, e até mesmo, mudará a sua percepção sobre o fato.

Acesse o Ebook Técnica EFT para vencer a autossabotagem, e saiba como trabalhar suas emoções para alavancar a sua vida profissional, financeira e seus relacionamentos.

TÉCNICA EFT PARA VENCER A AUTOSSABOTAGEM

Talvez a sua dificuldade de relacionamento amoroso esteja relacionado a alguém que você conheceu no passado e que te deixou marcas, ou a sua dificuldade financeira esteja relacionada a crenças negativas sobre o dinheiro. Trabalhando esses aspectos você se liberta do problema.

Com uma nova energia, e longe das emoções que influenciavam a sua percepção de vida, você é capaz de construir uma nova história. Você sai da estagnação, porque as emoções que impediam o seu progresso foram eliminadas, e pode trilhar um novo caminho, com mais positividade e sempre superando os desafios, que não impedem mais o seu crescimento!