Por que nos desvalorizamos tanto?! A cultura da baixa autoestima!

Tempo de leitura: 13 minutos

Observo o quanto as pessoas estão presas na reclamação…é difícil alguém parar para conversar sem contar algo ruim das suas vidas, do lugar em que mora, do país! E nesses últimos tempos, falar sobre política, economia, da crise que o país vive, tem sido assunto constante, carregado de pessimismo e palavras que sempre nos remetem a um sentimento de incapacidade, de desesperança…

…e o quanto somos vítimas daqueles que estão no poder, que nos humilham, roubam, maltratam o nosso povo tão sofrido!

E é comum que as pessoas tenham se reclamado tanto…é difícil o que vivemos!

Mas, será que reforçando esses aspectos negativos ficaremos melhores?! Muitas vezes só buscamos um conforto, alguém que se identifique com a minha dor para que eu possa colocar pra fora toda a minha tristeza, raiva, angústia…e depois, voltar à minha vida sofrida de antes!

Na verdade, queremos desafogar as mágoas, sem dar um passo que nos leve ao movimento da mudança, da transformação, para seguirmos uma nova vida!

Isso, infelizmente, é o que vemos em nosso país! E sim, estou falando do Brasil! O nosso povo se move pelas emoções mais intensas…e toda raiva que sentimos não nos leva a uma ação verdadeira! Brigamos, xingamos, vandalizamos os nossos espaços, prédios públicos, desrespeitamos as nossas leis, o que é nosso, movidos pela grande frustração que sentimos, e com a qual não sabemos lidar!

E esse é um comportamento que repetimos ao longo dos séculos!

Perceba, o quanto estamos envoltos por emoções que nos paralisam!

Não conseguimos agir com clareza e ter discernimento das nossas atitudes. Quantos de nós critica tanto a corrupção, mas quando alguém nos passa o troco errado, não temos a atitude de devolver a quantia a mais! Quantos pegam atestados médicos falsos para faltarem o trabalho na segunda, fraudam o imposto de renda, compram mercadorias falsificadas, tendo ciência de que tomam uma atitude errada!

Parecemos agir como aqueles que querem ter vantagem em tudo…mas, na verdade, grande parte das nossas atitudes está relacionada à baixa autoestima!

Quando não temos uma autoestima elevada buscamos sempre uma solução rápida para os problemas, porque não conseguimos encará-los, e não nos sentimos capazes de assumir nossas responsabilidades! É mais fácil entregar um atestado médico, do que alegar que fomos irresponsáveis e bebemos além da conta no fim de semana...então, quem quer perder o emprego em um momento difícil?!

Parece uma grande vantagem pagar mais barato por um produto ilegal, por não ter condições de comprar um mesmo produto pelo valor de mercado, e mesmo sabendo que esse produto pode ter sido roubado! Certamente, não me sentiria bem se roubassem um celular meu, que paguei caro, então, não faz sentido comprar algo que tenha sido roubado, porque sei que apenas incentivo esse tipo de comércio!

Observe como estamos nos prejudicando, incentivando crimes, porque não nos responsabilizamos pelas nossas vontades. Queremos muito ter algo que não podemos comprar, e não esperamos o momento certo, não nos esforçamos para ter mais dinheiro…vamos sempre pelo caminho mais rápido e fácil!

dois jovens que seguram a bandeira brasileira

Quando temos uma boa autoestima não precisamos ter para ser!

Para alcançar uma autoestima elevada, conheça a técnica EFT: Técnica EFT

Não esperamos a opinião do outro para nos sentirmos reconhecidos, valorizados. E o que mais acontece ultimamente é que queremos mostrar ser algo que não somos, e ter algo que não podemos ter…porque só assim achamos que seremos valorizados pelo outro!

E assim, vivemos nessa dependência da opinião alheia…a nossa vaidade está pautada no medo do que o outro vai pensar a meu respeito! Não temos confiança em nós mesmos, em nossas capacidades, e nos tornamos irresponsáveis!

Muitas vezes essa irresponsabilidade não é algo consciente…não faço por mal, até gostaria de ter uma atitude melhor…mas, estou preso em um emaranhado de emoções ruins que me levam a atitudes ruins, mesmo que depois eu me arrependa do que fiz!

Posso até achar que foi vantajoso ter pego o troco a mais…mas logo, me vem uma sensação ruim, esse dinheiro não é meu! Então, posso passar por uma situação em que me senti roubado, alguém me devolveu o troco errado e recebi menos do que deveria!

Certamente, você vai pensar que esse dinheiro era seu e se sentir injustiçado! O que quero dizer com isso é que as leis universais são justas…lei de causa e efeito, você sempre terá daquilo que oferece ao outro…colhemos o que plantamos!

bonecos retratando um caso de corrupção

E isso, vai das pequenas às grandes corrupções…teremos sempre mais daquilo que a coletividade planta!

Teremos mais políticos desonestos, governantes corruptos, líderes, chefes que estão sempre com a razão e não levam em conta a opinião dos seus subordinados!

Será sempre uma figura contraditória que estará à frente das grandes decisões do país…será o espelho de um povo que não se valoriza, não tem autoestima suficiente para defender os seus interesses…e cai sempre na arrogância, dizendo que as coisas são assim por causa dos outros!

A autoestima é fundamental para sermos pessoas íntegras!

Quando tenho confiança naquilo que sou é mais fácil sustentar a minha verdade, os meus valores, aquilo no que acredito! Não serei manipulado pelas pessoas, que se valem das minhas emoções para me obrigarem a fazer o que querem!

Se estou equilibrado nas minhas emoções, sempre encontrarei solução sem me perder do que sou, vibrarei maior confiança e as pessoas perceberão que não serei levado na conversa!

mulher em uma praia segurando a bandeira brasileira

Sei que muitos de nós tem resistido à falta de escrúpulos, às pequenas e grandes corrupções…sei que existem muitas pessoas honestas!

Mas, também percebo, que as pessoas honestas carregam um grande peso, estão cansadas de verem tanta coisa errada que acontecem como se fosse algo normal! E essas pessoas têm sofrido…aprenderam a serem responsáveis, sinceras, honestas…mas, carregam uma grande mágoa, e isso às leva a uma grande irritação, raiva, estresse, que também não é nada bom!

Liberte-se de toda emoção negativa que impede suas ações: Técnica EFT

Além de doenças crônicas: hipertensão, diabetes…essas emoções intensas também levam a uma falta de controle das nossas ações, incoerência das nossas ideias. A minha raiva pela irresponsabilidade das pessoas que sempre ultrapassam o sinal vermelho, e eu constantemente respeito as sinalizações de trânsito, não me leva a uma atitude para uma solução de fato.

Eu poderia denunciar, procurar as autoridades competentes para tomar medidas mais firmes contra esse desrespeito às leis de trânsito! Mas, a minha raiva só me faz xingar, falar mal, brigar…e dizer o quanto o país é uma terra sem leis, que o Brasil não tem jeito mesmo!

Então, os bons desse país também têm se perdido em suas emoções, sem impulsionar essa insatisfação para uma mudança, uma transformação no país! Os bons também estão abalados em sua autoestima, porque estão tão insatisfeitos por não serem reconhecidos na sua boa conduta, no respeito às leis, ao país em que vivem!

E assim, tanto aqueles que levam a vida do jeitinho pra tudo, como aqueles que seguem sua vida de forma honrosa, não percebem como a baixa autoestima guiam suas vidas para uma sucessão de fracassos, perdas, enganos!

Por isso, não saímos desse ciclo de crises!

Falamos tanto da economia, da política, da educação…mas essa mudança precisa ser interna! Cada um de nós sendo responsáveis pela nossa melhoria pessoal! Assim, mudando o que somos, mudaremos o país em que vivemos!

Entenda como as emoções negativas podem tirar sua lucidez, levando-o a ter uma atitude errada, falar o que não deveria, fazer o que não deveria fazer! Veja este vídeo do terapeuta, professor, palestrante na área de desenvolvimento emocional, André Lima! Entenda como acontece o sequestro emocional e como você pode sair disso!

E como podemos mudar tudo isso?!

Abandone o comportamento vitimista!

Não percebemos o quanto agimos como vítima das situações e pessoas! Na verdade, não entendemos que esse comportamento é danoso mesmo para aqueles que acham que têm razão ao culparem alguém pelo seu sofrimento. Devemos entender que em qualquer situação somos responsáveis pelo que vivemos!

Sei que é difícil escutar isso…mas, somos absolutamente responsáveis!

Se você tem um sócio que enganou e roubou você, uma pessoa que amava e que te traiu…pense, de que forma você contribuiu para chegar nesse ponto, talvez tenha faltado colocar limites, dizer não na hora certa, ou uma conversa mais difícil que sempre tentamos evitar!

Deixe de ser vítima das pessoas e equilibre suas emoções: Técnica EFT

Muitos de nós estamos culpando o governo por toda crise…pelo aumento de impostos, o desemprego, mas, em que momento poderíamos ter evitado chegar onde chegamos?! Será que não faltou um impulso maior para mudarmos esse quadro antes de chegarmos nessa crise?! Certamente, alguma responsabilidade temos, seja na hora do voto, na falta de cobranças, de fiscalização das atitudes dos nossos governantes!

Nos perdemos nas reclamações, em culpar sempre o outro pela nossa infelicidade. E essa atitude está relacionada também a baixa autoestima. Quando espero que alguém faça por mim, e seja responsável no meu lugar, por aquilo que me acho incapaz de assumir a responsabilidade.

homem que cruza os dedos mostrando ser alguém mentiroso

Talvez, você tenha se colocado em uma posição na sua empresa, em que você não precisa lidar com as finanças por medo de ter que lidar com o dinheiro. E esse medo acabou atraindo na sua vida alguém que se aproveitou dessa sua dificuldade para roubar a empresa.

Quando nos colocamos como vítimas estamos sempre na situação de dependência do outro!

Alguém me prejudicou, alguém precisa me salvar…isso vemos nos mais diversos tipos de relacionamento: chefe e empregado, sócios de uma empresa, esposa e marido, filho e pais, e até mesmo entre o povo e seus governantes…esperamos que algum deles venha nos salvar da crise e de todo o nosso sofrimento! Então, estamos constantemente decepcionados com as pessoas e frustrados pelo que vivemos!

Lute por um ideal!

Mantenha-se em movimento! Seja apaixonado por alguma atividade, por algo que te deixa feliz em acordar todos os dias!

Descubra as suas qualidades, suas aptidões e invista dinheiro, tempo, para seguir nesse propósito. A maioria das pessoas vive uma vida baseada na necessidade! Um trabalho que seja suficiente para pagar as contas do mês, estudo para ter alguma qualificação e alcançar um salário razoável, que me compre uma casa, um carro, e dê algum conforto para minha família! E assim, se resume a vida de muitos!

E existe uma frase que interpreta bem essa falta de motivação pelas coisas que fazemos:

Quando não sabemos para onde vamos, qualquer caminho serve!

sinalização no chão indicando várias direções e a pessoa precisa escolher que caminho seguir

E assim, escolhemos qualquer caminho, porque não temos nenhuma vontade, nenhum interesse, a não ser, o de ficarmos confortáveis em algum lugar. E essa é a mentalidade de muitos brasileiros! Queremos o conforto de ter uma vida estável…então, não me preocuparei com mais nada!

Essa falta de motivação vem de uma ideia de humildade! Devemos nos contentar com o pouco, com uma vida razoável, sem ambições, assim, seremos humildes!

Acontece, que a humildade não significa ter uma vida regrada ou de pobreza. A humildade está relacionada a não sermos arrogantes…exigindo do mundo e das pessoas um reconhecimento que está acima de tudo e de todos! Me acho no direito de receber algo em detrimento do direito do outro. E se pensarmos dessa forma…quantos de nós muitas vezes temos uma atitude arrogante, individualista!

Assim, nossa falta de ambição não significa o quanto somos humildes!

Só nos mostra o quanto vagamos nessa vida sem um rumo definido, e consequentemente, sem um rumo para o país no qual vivemos! Nos falta o autoconhecimento, para entendermos quais são as nossas capacidades, o nosso propósito nesta vida e na comunidade na qual vivemos…sem esse conhecimento estamos presos na vontade do outro, que sempre nos aponta, em qual caminho devemos seguir!

Valorize-se!

É muito triste quando vemos tantos brasileiros se desvalorizarem, principalmente, falando mal do país para pessoas de fora! Fica estampado na nossa cara, o quanto não temos amor-próprio, o quanto nos falta autoestima. Só falamos das coisas que não funcionam em nosso país, e quando os estrangeiros chegam aqui, já vêm com uma imagem bem negativa do Brasil!

Devemos ressaltar o quanto os nossos noticiários contribuem para isso!

Estamos tão envoltos pela negatividade, que nos atraímos mais pelas notícias ruins! Entendendo isso, a televisão dá maior ênfase, nos noticiários, às tragédias, acidentes, mortes violentas, assaltos…então, é isso o que vemos o tempo todo quando ligamos a televisão.

Acostumados a isso, não conseguimos ver aspectos positivos do nosso país…

desenho mostrando a cultura brasileira

…a não ser quando alguém, longe dessa negatividade coletiva, nos fale do quanto somos um povo rico em nossas diversidades, alegres, espontâneos, solidários!

E a meu ver, somos um povo que está se conhecendo a pouco tempo, que precisa superar muitas de suas emoções negativas, que vêm enraizados desde a época da colonização. Para podermos ser fortes, determinados, e seguir confiantes, orgulhosos de sermos o povo brasileiro!

Liberte-se das emoções que te prendem a uma visão negativa de você, conheça a técnica EFT! Técnica EFT