O que tira a sua PAZ INTERIOR?! E como resgatá-la com 5 DICAS importantes!

Tempo de leitura: 10 minutos

 

Você se sente em paz?! Consegue realizar as suas tarefas e atividades do dia a dia com tranquilidade, disposição, sem deixar que as emoções te afetem?!

Não sei se você se dá conta do quanto o nosso estado emocional prejudica nossas ideias, objetivos, a conquista de sonhos que queremos tanto realizar. E neste artigo, falaremos dos padrões emocionais que impedem o nosso equilíbrio interior, e 5 DICAS para você encontrar a sua paz e poder realizar a sua vida plenamente.

Uma mente agitada, com pensamentos incessantes alimenta cada vez mais um estado emocional negativo, gerando medo, raiva, angústia, ansiedade…

Se me sinto angustiado, quero buscar a causa, a razão de me sentir assim, e alimento os pensamentos ruins, de tudo o que acredito ter causado essa angústia, aumentando cada vez mais a minha ansiedade.

E assim, você vai perdendo a sua paz, aumentando o seu nível de estresse diante de situações que não consegue ter um maior controle, por exemplo: uma batida de carro que gera um grande engarrafamento na segunda de manhã, já acionam pensamentos de quanto tempo ficarei parado no trânsito, se vou chegar atrasado no trabalho, etc.

briga entre casal

Esse discurso mental aumenta cada vez mais a minha tensão, raiva, e acaba refletindo em atitudes que podem ser prejudiciais para mim!

O padrão emocional negativo

Talvez, você possa passar um sinal vermelho, ou fazer uma manobra perigosa para tentar fugir da lentidão do trânsito, e isso trazer consequências como ser multado, ter o carro apreendido, ou ocasionar um acidente mais grave e complicar mais a sua situação e dos outros que ali estão.

E esse padrão negativo, da impulsão e atitude ruim, se repete nas mais diversas situações. Talvez, você tenha o impulso de desistir de um projeto que você tanto queria, por acreditar apenas nas dificuldades de realizá-lo. Ou, terminar um relacionamento de forma precipitada, por não conseguir lidar com as dificuldades de uma vida a dois.

Ter controle não significa ter paz interior

Mas, observe que esse padrão emocional é mais acentuado em uns que em outros! Não são todos que sentirão tanta raiva no trânsito, assim como são poucos os que terão atitudes precipitadas. E ainda, podemos dividir entre a minoria que está em paz com suas emoções, e a maioria que apenas se controla um pouco mais.

Perceba, que esse controle não significa ter menos raiva!

A pessoa tem a mesma intensidade emocional daquela que xinga, agride, quebra tudo…ela apenas se controla mais por entender que agir assim é errado, porque o seu senso de valores, sua cultura, educação, crenças que traz da família são mais fortes e agem como um freio para suas ações.

Entenda, que a pessoa também carrega uma grande carga emocional negativa, e ainda que não seja no trânsito, em uma outra situação ela poderá “perder a cabeça” e ter uma atitude ruim contra alguém ou contra si mesmo.

Você já passou por isso…das pessoas não te reconhecerem por uma atitude ruim, exagerada, que você tenha tomado?! E você se perguntar porquê fez isso?! Ou, já viu alguém considerado calmo, tranquilo, ter uma atitude descontrolada?!

explosão de uma casa

Isso vem da nossa carga emocional negativa, como uma bomba-relógio nossas emoções ruins são ativadas quando cessa o nosso curto prazo de paz interior!

E para quem carrega uma grande carga emocional negativa, menor será o prazo dessa paz interior! Mais rápido você entrará nas emoções da raiva, medo, tristeza…e maior tempo você permanecerá nelas, porque essa negatividade será alimentada por pensamentos ruins que atrairá mais acontecimentos e experiências ruins!

Nossa carga emocional define a nossa vida

É a carga emocional que direciona as nossas escolhas e decisões! Porque as nossas emoções são mais poderosas que a nossa capacidade de racionalizar. Observe, que de forma consciente, racional, entendemos o que é certo e errado, e qual caminho devemos seguir para fazer o certo e evitar o errado.

Mas, para tomarmos uma atitude, realizar algo, precisamos ir muito além do entendimento da sua importância e do conhecimento para colocá-lo em prática. O que nos faz ter uma determinada atitude ou não, vem de uma força maior que está no nosso inconsciente, da carga emocional que influencia o tempo todo as nossas ações.

menina que olha para um relógio na parede

E se você já procrastinou alguma tarefa, ou percebeu que se sabota para realizar algo importante…então, você já entendeu bem sobre o poder desse vasto inconsciente!

E no nosso inconsciente estão as nossas lembranças, experiências da vida, muitas, com uma grande intensidade emocional negativa. E ainda que estejam adormecidos no subconsciente, e não façam mais parte da nossa vida, continuam a vibrar a sua negatividade em todo o nosso ser.

Entendendo isso, você tem consciência da razão de, muitas vezes, a motivação e a força de vontade não serem suficientes para você alcançar bons resultados em sua vida!

E você precisa se libertar dessas emoções, e de crenças limitantes, que estão no subconsciente, rodando esse padrão negativo que carrega até hoje! Feito isso, você será capaz de agir com mais foco, clareza, discernimento, mesmo em momentos considerados ruins!

Para essa libertação de emoções negativas e crenças limitantes, recomendo a técnica EFT. Saiba como se autoaplicar a técnica e saia desse padrão negativo! Técnica EFT

Essa é a paz interior…porque situações boas e ruins nos acontece sempre, o que nos faz diferenciar que as situações ruins nem são tão ruins assim, é o nosso equilíbrio interior!

E para alcançar o seu equilíbrio interno e estar em paz com suas emoções e pensamentos, para que você alcance os seus objetivos com mais garra, vontade e perseverança…deixo aqui 5 DICAS para você aplicar em sua vida e mudar a sua atitude!

Evite notícias ruins

Afaste-se dos noticiários e de pessoas que só falam sobre coisas ruins. É muito comum ligar a TV e a primeira notícia do dia ser sobre tragédias, roubos, guerras…e não é porque falte notícias boas no mundo, apesar de essa ser a sensação que temos diante da constante exploração dessa negatividade!

Na verdade, a mídia explora apenas os aspectos negativos porque sabe que a grande massa está viciada nas emoções e pensamentos negativos. Quanto maior a carga emocional negativa que carregamos, mais nos sentiremos atraídos por notícias, filmes, músicas, atividades…que sempre nos leva a depreciação, dor, sofrimento, angústia!

Perceba como você se sente quando assiste ao noticiário na TV?! 

Você vai perdendo a sua paz gradativamente, e ainda que você tenha passado bem neste dia, você começa a sentir o peso emocional de todas as informações que absorveu, e pode não entender porque de repente você está chateado, triste, angustiado!

Abandone a reclamação

Viver reclamando de tudo é algo extremamente prejudicial! Alimentamos uma vibração negativa que gera mais negatividade através de situações ruins, que nos causa estresse, raiva, tensão, e assim, achamos mais razões para nos reclamar da vida!

Você pode pensar que tem razões para reclamar do governo, do trabalho, da sua família…mas, se você reclama como uma forma de contestar tudo que você acha errado à sua volta, saiba que essa não é a melhor forma de mudar aquilo que não gostamos. Pelo contrário, ficamos presos na lamúria e não conseguimos mudar o que queremos.

Toda reclamação só aumenta mais a nossa tensão diante do problema, e saímos do nosso equilíbrio interior, dificultando um raciocínio claro, objetivo, que nos leve a tomar uma ação condizente com aquilo que queremos mudar e melhorar em nossas vidas.

Agradeça sempre

Quando agradecemos, mesmo as pequenas coisas do dia a dia, criamos uma sintonia de paz, leveza para a nossa vida. A gratidão atrai mais situações, acontecimentos, pelos quais nos sentiremos mais gratos ainda.

Se você não tem por hábito agradecer todos os dias, no começo, pode ser que sinta uma certa resistência, você agradece mas não sente verdade naquilo que diz. Com a prática, perceberá mais fluidez nesse processo, lembrará cada vez mais de coisas para agradecer, e sentirá na sua alma a alegria, a paz, de ter tanto para agradecer.

Fique no presente

O que aumenta a nossa tensão são os constantes pensamentos acelerados, e esses pensamentos são formados por lembranças daquilo que aconteceu ontem, ou tempos atrás, que fico revivendo o tempo todo. Da mesma forma, ficar tentando adivinhar o futuro, o que vai acontecer ou não, só nos tira a paz e o foco do presente.

Estar no presente é não criar ansiedade! Eu lido com a situação que tenho atualmente, ajo da melhor forma que me for possível, mas não fico apegado às expectativas! Fazer esse exercício, de deixar as lembranças e previsões do futuro, é uma forma de se eliminar grande parte da tensão que temos no dia a dia.

Aprenda a perdoar

Saiba perdoar as situações e pessoas para poder seguir em frente. Mas, quando falo no perdão, não falo de isentar o outro da responsabilidade de ter tomado uma atitude errada contra você. O que você deve entender é que carregar o peso da mágoa, raiva de alguém ou de uma situação, será mais prejudicial ainda para você mesmo!

E o perdão, neste caso, significa se libertar das suas dores, da angústia por uma justiça que não vem, por uma vingança. Quando você se liberta da dor relacionada a uma situação ou pessoa, você não está mais preso nessa tensão emocional que te faz perder o sossego, esperando que o outro se retrate, pague o que te deve!

E esse perdão serve a você também!

Se você se sente culpado por alguma atitude ruim que teve no passado, aprenda a sair da culpa e alcançar o autoperdão. Porquê, da mesma forma que você não deseja coisas boas para aquele que te fez algum mal, de forma inconsciente, também sentirá não ser merecedor de coisas boas, por achar ser alguém ruim, e isso é extremamente sabotador para sua vida!

Para sair da culpa, de pensamentos destrutivos de menos-valia, recomendo a técnica EFT. Uma técnica simples para desbloqueio de emoções negativas que nos impede de alcançar o nosso pleno potencial! Para saber mais acesse a página: Técnica EFT