Doenças Psicossomáticas! Como você manifesta as doenças em sua vida.

Tempo de leitura: 11 minutos

O que são as doenças psicossomáticas? Psicossomática é uma palavra de origem grega, em que psico significa alma, e somática, vem de soma, corpo. Então, a doença psicossomática é manifestada no corpo, mas, tem sua origem na psique, nas emoções, sentimentos, pensamentos, que estão além do que podemos ver e detectar no físico.

Na medicina convencional, as doenças psicossomáticas são aquelas não detectadas através de exames, testes, e não se encontra uma razão que comprove pela química, biologia do corpo, a causa dos sintomas que a pessoa apresenta. Com isso, classificam como uma doença de possível causa emocional.

Mas, para o campo holístico, que vê o ser humano integrado nas suas estruturas: emocional, físico, energético, mental e espiritual…é perfeitamente entendido que todas as doenças são psicossomáticas, têm uma origem que vai muito além de um desequilíbrio químico, biológico do corpo.

As doenças são reflexos de um padrão emocional, comportamental que levaram ao desequilíbrio físico.

Você pode ter um sintoma físico, uma dor que dure muitos anos e que não seja detectada nenhuma doença, problema físico. Mas, pode acontecer de em algum momento, em algum exame, aparecer o problema. Então, você não entende como essa doença surgiu apenas neste momento, e culpa os médicos, exames, que não foram capazes de detectar a doença anteriormente.

O que acontece é que existe algo sutil acontecendo em vários níveis da sua estrutura humana.

Somos formados por vários corpos, segundo o conceito bioenergético, além do físico. Para chegarmos no físico, passamos pelo emocional, mental, energético, que são mais suscetíveis a uma alteração, até chegar ao físico que é mais denso, e este, vai sofrendo a influência gradativa do desequilíbrio dos outros corpos.

homem olhando para fora, em um dia chuvoso, triste, em uma janela de vidro

Suponha que você tenha uma emoção, uma mágoa intensa, e isso te acompanha durante anos e anos.

Quando você pensa nessa mágoa, observe se surge um sintoma físico, um aperto no peito, uma dor, falta de ar…isso é a emoção se manifestando no físico. A questão é, que essa dor, prolongada durante anos por essa emoção, pode afetar órgãos, como o pulmão, coração…e gerar a doença!!

Cure as suas emoções com a técnica EFT! Conheça aqui: Técnica EFT

Assim, o pensamento holístico acredita que, podemos sim, afetar o nosso organismo, com base nas emoções, pensamentos, sentimentos dominantes.

E mesmo, o que é considerado como um problema genético é porque trazemos um padrão emocional e comportamental de nossos antepassados nos nossos genes. E ainda, acidentes, tragédias, podem ter sido atraídos por vibrações negativas que emitimos quando estamos desalinhados do nosso ser.

Por isso, dentro da terapia holística, todos os aspectos do ser humano são levados em conta. Qual o estado emocional da pessoa, seus pensamentos? Como é sua relação com pessoas do trabalho, com as pessoas da sua casa, do seu convívio?

E quais são suas lembranças de infância, são na grande maioria boas ou ruins, existe algum trauma? Como são os ambientes que essa pessoa frequenta? A sua casa, a rua onde mora, onde trabalha, tem uma boa infraestrutura? É confortável, é difícil ter que morar, trabalhar nesse lugar?

Observe que algumas pessoas estão sempre gripadas, enquanto outras raramente gripam.

mulher gripada assoando o nariz com um lenço

Se você pegar duas pessoas, na mesma faixa etária, de mesma classe social, com um padrão equivalente de atividades e alimentação no dia a dia, você certamente verá a diferença! A gripe, e outras viroses acontecem quando se dá a baixa imunidade do organismo, associado a fatores de risco…estar em uma multidão com pessoas gripadas, por exemplo!

Pessoas expostas ao mesmo risco, podem ou não desenvolver a doença.

Mas, o que gera essa baixa imunidade?!

Ficamos cansados, com uma energia baixa… para alguns, quase todos os dias, para outros, isso é um processo diário. Primeiro, o estresse pelo deslocamento ao trabalho associado aos pensamentos incessantes de tudo o que está ruim: do quanto vou demorar pra chegar ao trabalho.

Um acontecimento ruim do dia anterior que eu fico remoendo, um acidente que gerou um engarrafamento e mais irritação, uma pessoa que me xingou no caminho e me trouxe uma lembrança de uma briga de anos atrás, gerando uma insatisfação maior…e assim eu começo o meu dia!

Então, eu posso ter um dia cheio: cheio de dificuldades, aborrecimentos, discussões…ou, pode ser que esse turbilhão de acontecimentos seja amenizado por um dia mais tranquilo no trabalho. Mas, em qualquer situação desconfortante, seja na volta pra casa, tendo que pegar um trânsito desafiador…eu volto ao estresse novamente!

E vivemos, o tempo todo, em picos de ansiedade, estresse, irritação…e isso tudo vai baixando a nossa imunidade, debilitando as defesas do nosso organismo!

O sistema de defesa do nosso organismo está ocupado demais, combatendo uma ameaça que não é física, fruto dos meus pensamentos e emoções negativos, que me deixam em constante estado de alerta, gerando grande estresse. Então, a doença aparece, nosso sistema de defesa é sobrecarregado, e ficamos doentes!

mulher triste com a cabeça baixa e mãos no rosto

Todo o estresse, irritação, nervosismo, vai gerando reações físicas: dor de cabeça, na coluna, azia, dor de barriga, no estômago…

Me sinto mal, e não sei de onde vem isso, coloco a culpa na comida, no clima…mas, grande parte vem do emocional, e como não sei, ou, não quero parar e entender as minhas emoções, sigo a minha vida tomando analgésicos para aliviar o desconforto, a dor, e deixo de lado a verdadeira causa desses sintomas.

Reflita se o caminho que tem seguido na vida, realmente, tem levado para a felicidade e plenitude do seu ser. Será que vivo um relacionamento amoroso feliz?! Estou no trabalho que gosto, ou, trabalho apenas para pagar as minhas contas?! Estou dando atenção suficiente para minha família? Tenho aproveitado meu tempo livre para descansar e fazer o que gosto?!

A grande maioria das pessoas vivem assim. Não entendem nada do seu processo emocional, e como suas emoções geram dores, e posteriormente, podem gerar doenças graves.

Uma pessoa com problema de gastrite, geralmente passa muito nervoso, pois não sabe lidar com os aborrecimentos da vida. Por isso a região do estômago é afetada, pois está relacionada, dentro do estudo da metafísica, a como digerimos as ideias e assimilamos a vida.

boneco triste que coloca as mãos sobre a barriga

Se não aceito o que vivo, o ambiente em que vivo, e estou sempre ansioso por algo que não posso mudar no momento, cheio de mágoas, me cobrando e punindo…tudo isso desenvolve a gastrite.

E quando entro em um processo de interiorização das emoções, volto-me cada vez mais para dentro, sendo corroído pelas emoções, em um sentimento de orgulho, autocobrança, em que tenho que resolver tudo sozinho sem contar com a ajuda de ninguém, então, posso desenvolver uma úlcera.

A metafísica originou-se como ramo da filosofia, considerada como a ciência que estuda o todo, as causas e princípios de tudo o que existe. A essência do universo, de tudo o que somos, e todos os aspectos estruturais e energéticos que coordenam toda matéria. Fazemos parte de um todo, e devemos ser vistos pela nossa totalidade.

Para você entender melhor sobre a metafísica, conheça o trabalho do Valcapelli, autor da série de livros, Metafísica da Saúde. Assista uma entrevista com ele no programa Consciência Próspera, e conheça mais sobre as doenças e suas causas dentro do estudo da metafísica.

Assim, compreendo que o meu corpo é reflexo dos acontecimentos da minha vida, de como percebo a minha realidade, e como reajo às situações à minha volta, isso determina a minha saúde ou o adoecimento do meu corpo.

E dentro da metafísica, cada sistema do corpo corresponde a uma capacidade do ser.

Como exemplo, o sistema respiratório corresponde a capacidade de interação com o meio ambiente. Quando a pessoa não consegue se expressar livremente com as pessoas ao seu redor, e não se sente parte integrante do ambiente em que vive, pode desenvolver algum problema respiratório.

Cada órgão dos sistemas do corpo é afetado pela vibração das suas emoções e pensamentos.

E então, em algum momento isso aparece no corpo, na forma de sintomas, do adoecimento, acusando que não estamos sabendo lidar com algum aspecto da nossa vida. Cada parte do corpo é estudada como parte da completude do ser, dos aspectos da nossa alma, e como estamos realizando, ou deixando de realizar o propósito do nosso ser.

Abaixo, as doenças e as possíveis explicações no campo da metafísica. Essa lista de doenças retirei do site do Valcapelli, para ter acesso à lista completa entre no site: http://www.valcapelli.com/causasdasdoencasmetafisica.htm

Dor de cabeça: Metafisicamente dor de cabeça representa uma resistência em acatar acontecimentos inusitados da vida, se opor e não admiti-los. Ficar indignado com tais episódios.

Diabete: No âmbito metafísico o diabético é um indivíduo que tem um histórico de vida repleto de frustrações e sofrimentos, que o tornaram triste, rancoroso e pessimista, não conseguem se desprender das mágoas. A pessoa perde o gosto pela vida.

Cálculo na vesícula: O padrão metafísico refere-se ao fato da pessoa protelar sua expressão, deixando para depois a manifestação daquilo que chateia e acaba não expressando. É algo como excesso de tolerância. Precisa resgatar a autenticidade e ser mais preciso na colocação daquilo que incomoda.

Espero que entenda como suas emoções influenciam de forma positiva ou negativa a sua saúde. Fique atento, e busque trabalhar a suas emoções negativas para que não venham a se manifestar como uma doença grave posteriormente.

E para trabalhar as suas emoções, conheça a técnica EFT: Técnica EFT

E se você já está com uma doença crônica, grave, além do tratamento convencional, busque uma terapia, tanto, para saber lidar melhor com esse momento, como, para trabalhar emoções que vêm de lembranças, acontecimentos ruins, para mudar o seu padrão energético e possibilitar a melhoria e cura do seu organismo.

As nossas emoções e pensamentos têm nos deixado doentes, e a medicina convencional já tem dado a devida importância a isso. Sabemos o quanto sofremos com uma angústia, uma mágoa, uma raiva de uma situação ou alguém…Mas, na verdade, tudo isso, além do sofrimento psíquico, é uma toxina que destrói o nosso organismo e nos prende a um ciclo de adoecimento constante.

Tenha emoções e pensamentos saudáveis, positivos, para que você alimente o seu corpo, também, de positividade e saúde!

Para conquistar essa positividade em sua vida, conheça o trabalho da Louise Hay, que é uma grande autora no campo do autoconhecimento, e tem como um dos livros mais vendidos, o livro Você pode curar a sua vida! E esse trabalho nos mostra como mudanças de padrões mentais podem curar as nossas doenças. Deixo aqui, um PDF de uma versão do livro. Mas, aconselho que se você puder, compre, adquira o livro! Expanda e contribua com esse trabalho que pode transformar vidas!  você pode curar sua vida-louise hay